Minha viagem para o sul começou em Modlin

Aeroporto de Varsóvia – Modlin, 01 de julho de 2017, às 19h10.

O aeroporto está muito lotado. E eu depois de me despedir da minha irmã, arrumei todas as minhas malas, pequenas e grandes, um chapéu na cabeça e segui em direção a porta de embarque. As pessoas estavam por todo lado. A primeira vez que vi um aeroporto tão lotado em Modlin. Férias começam, todos vem aqui com bilhete de avião para várias partes do mundo. Eu também. Mas a minha passagem foi, pela primeira vez na minha vida, só com ida.

Aeroporto de Varsóvia – Modlin, Bilhete só de ida.

Esse sentimento foi maravilhoso! Eu não vou de férias! Vou mudar para Portugal permanentemente. 😊 😊 😊 Vou morar no sul, como sempre sonhei. Foi e ainda é assim que eu penso sobre isso, incrível. Eu poderia colocar um milhão de caras sorridentes aqui!!!

Lembro-me de como, há alguns anos, depois de voltar de férias na Grécia, achei que adoraria morar no sul. Depois desse primeiro pensamento, logo veio outro, ou, na verdade, por que não? Eu sempre sonhei em viver junto ao mar e no sul, poderia aproveitar o ano todo. Eu amo cozinha mediterrânica. Em Creta, foi comidas deliciosas (vou escrever mais sobre a dieta cretense em um post separado). E a perspetiva de comê-las todos os dias seria ótima. Além disso, amo o tempo quente e o sol. Meu amor pelas melancias e língua espanhola, também foi um argumento. Havia muitos, mas… era apenas um sonho que parecia irreal. Meu trabalho que amo, minha vida que começou a se estabilizar e a se acalmar, família, amigos, parecia impossível deixar tudo e ir embora. E ainda assim … eu não conseguia parar de pensar nisso. Então decidi dar o primeiro passo depois de tudo. Comecei a aprender espanhol. Gosto muito essa língua e sempre quis falar espanhol, mas nunca tive motivação suficiente para aprender. Agora isso mudou. Mesmo sem ver a possibilidade de sair do país, aprender o espanhol de uma maneira mágica me aproximou da realização desse sonho e faz-me senti perto do sul. Foi assim que me senti então. Eu comecei a aprender intensamente. Todos os dias por algumas horas, sem desculpas, mesmo em reuniões de família, o que deixou meus parentes tão surpresos. Eu respondi aos olhares questionadores que algum dia eu iria para o sul. Isso causou um sorriso em seus rostos. Meus amigos e conhecidos reagiram de maneira semelhante. Acho que eles simplesmente não acreditaram em mim.

Depois de um ano estudando, voei para Dusseldorf onde vivia a minha amiga. No avião, estava sentado ao lado de um casal de estudantes espanhóis, nós conversamos em espanhol durante toda a viagem. O esforço valeu a pena. Eu comecei a falar. Foi um sentimento maravilhoso… Estou pronta para ir para o sul, pensei.

Vamos voltar para o aeroporto. Sim, lembrem-se bem, estou mudando para Portugal e não para a Espanha 😊. Porque nem tudo pode ser planeado na vida. Agora posso até dizer mais e muito bem. Não vale a pena forçar planos, porque nunca sabemos qual cenário será o melhor para nós. Por vezes, algo que não seguiu nosso caminho, percebemos negativamente. E só o tempo mostra que foi o melhor que poderia acontecer connosco. E foi assim no meu caso. Pensei em mudar para Espanha, mas afinal vou mudar para Portugal. E agora sei que Portugal é a minha segunda casa.

Eu fui para Espanha com muita frequência, não conhecia Portugal. Vou falar sobre minhas primeiras impressões de Portugal no próximo post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here